segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

FEVEREIRO 2020

06/02/2020 - Oficina 3 -

sentadas a partir da direita - Maria Elieuza, Camila, Inajá e Maysa
seguindo: Lucieli Caroline, Alanis, Taissa, Tayline, Mariana, Luana, Eliane, Giovana, Maria Eduarda, Gabriel, Pedro Henrique, Dwonathan, Rafael, João Pedro, Pedro Yago
no self Lorena

________________________________
____________________

10/02/2020 - 5ª Aula Extra BB / CEF


IMAGEM PESSOAL E PROFISSIONAL - 5ª AULA EXTRA - BB / CEF

Muito interessante abordagem RASC, assim como um video ilustrativo sobre o tema para a 5ª Aula Extra para o BB e CEF.
Os jovens foram grupos onde destacaram as impressões dos seus colegas de trabalho e de sala de aula.

Puderam se conhecer e conhecerem um pouco mais aqueles que estão em sala durante seis aulas no mês.

A consultora Maria Aparecida Araújo
aponta 3 pontos fundamentais:

1. maneira de se comportar
2. maneira de se vestir
3. maneira de se comunicar


a consultora Silvana Lopes
https://www.youtube.com/watch?v=5VysfpUS60o


Todos os jovens presentes e trabalhando concentrados nesta tarde muito chuvosa






Maria Elieuza, Camila, Maysa
Lucieli Caroline, Alanis, Taissa, Tayline, Mariana, Luana, Eliane, Giovana, 
Maria Eduarda, Gabriel, Pedro Henrique, Dwonathan, Rafael, João Pedro, 
Pedro Yago

registrando o momento em foto: 
professora Inajá

_____________________
__________________

13/02/2020 - Of.4



Nesta tarde tivemos a visita acalorada de dois jovens ex aprendizes - Heloísa e Wanderson Davi, que durante os anos de 2016/2018 estiveram conosco deixando grandes ensinamentos.

Davi retorna trazendo riquíssima mensagem de trabalho, dedicação à família, aos colegas e, principalmente agradecimento pelo momento que passou no projeto. Temos de agradecer aos valoroso jovens que jamais deixam de estar presentes em nossas memórias.




17/02/2020 - Aula Extra Banco do Brasil

Aplicamos o material encaminhado pela RASC - Concurso Público - e algumas dinâmicas, o que deixou a tarde muito agradável. 
A dinâmica da caixa de bombon, foi muito convidativa, pois além das mensagens, ao final a jovem, sem mesmo o saber disse que se fosse uma caixa de bonbons, deveria ser repartido entre todos os participantes.  Essa jovem é a Taissa, de Ribeirão Bonito.
Outro ponto marcante foi a voluntária que logo se apresentou quando questionados a quem gostaria de ganhar um presente. Essa jovem a Luciele Caroline
Outra dinâmica - telefone sem fio - foi um momento para reflexões e risadas.
Ótima tarde de encontro e aprendizado para todos.







sábado, 1 de fevereiro de 2020

JANEIRO 2020 - primeiros encontros pós férias

Retorno das Férias - Feliz 2020

  • 16 de janeiro de 2020

Como o tema livre  "O Paradoxo do nosso tempo", os jovens repensaram suas propostas e metas para suas vidas.
Momento singular onde trabalharam seus anseios futuros, num momento em que as facilidades encontradas, muitas das vezes se tornam entraves para o fazer carreira, estudo e vida pessoal, no dizer dos jovens. Interessante o momento. 



Maria Elieuza faz o selfie, onde no primeiro grupo aparecem
Eliane Praxede, Lorena, Pedro Henrique, Dwonathan, Alanis, Lucieli Carolin, Luana e Mariana

No segundo grupo, sentados Pedro Yago, Maysa, João Pedro, Rafael, Giovanna, Taissa, Vitor Hugo, Julia, Gabriel e a professora Inajá.

______________________________________


_______________________________________

UNIDADE TEMÁTICA 1 - "O JEITO DE SER DO JOVEM" 
Oficina 1 - Identidade, diversidade, cultura, consenso e convivência juvenil


  • 23/01/2020 





Maria Elieuza no selfie, a partir da direita 
Pedro Yago, Maysa, Dwonathan, Eliane, Luana, 
Lorena, Mariana, Alanis, Lucieli Caroline, 
João Pedro, Pedro Henrique, Rafael, Vitor Hugo, Gabriel,
Júlia,Taissa, Giovanna
e a professora Inajá
_____________________


UNIDADE TEMÁTICA 1 - "O JEITO DE SER DO JOVEM" 
Oficina 2 - Sexualidade, saúde sexual e reprodutiva



  • 30/01/2020 

Luana no selfie, da esquerda Pedro Henrique, Maria Elieuza, Alanis, Lucieli Caroline, 
Dwonathan, Taissa, Pedro Yago, Julia, 
Vitor Hugo, Giovanna 
Gabriel, João Pedro, Rafael, Lorena, Eliane, Mariana
e a professora Inajá


_______________________


sexta-feira, 29 de novembro de 2019

MOMENTOS 2019



CONFERÊNCIA AVALIAÇÃO SEMESTRAL - dez.2019
AVALIAÇÃO SEMESTRAL - nov.2019

VENCENDO OBSTÁCULOS - palestra sr. Mineli - nov.2019
Mais uma oportunidade em que o Museu Mário Tolentino abriu as portas para que nossa tarde de estudo fosse brilhante.

Momento singular em que tivemos o palestrante sr. Mineli que nos brindou com rico material e nos auxiliou a árdua jornada para vencer obstáculos.


AULA EXTRA BANCO DO BRASIL - nov. 2019

CAMPANHA DE PREVENÇÃO DA NATUREZA - out.2019


CAMPANHA PREVENÇÃO DA NATUREZA / HOMENAGEM PROFESSORA / out.2019


Campanha Preservação da Natureza 

Projeto Reut Pilhas















Oficina 26 - Networking - set.2019

AULA EXTRA BB / CEF - set.2019

AULA EXTRA BB - set.2019 

PROFISSÕES - palestra Nicolau Santos - set. 2019

OFICINA - ago.2019

VISITA EX APRENDIZES - JOSIANE E THIAGO - ago.2019

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL - AULA EXTRA BB/CEF - ago. 2019

REUNIÃO DE PAIS - ago.2019


OFICINA - término de aula - julho 2019


DIA DO APRENDIZ - abril 2019 


AÇÃO CULTURAL - fev.2019




XXXX

quinta-feira, 25 de abril de 2019

DIA DO APRENDIZ 2019

Ótimo encontro entre aprendizes que participaram do programa - Wanderson Davi, Luana, José Carlos
Paulo Miranda - palestrante que trouxe riquíssima contribuição de sua experiência desde a passagem jovem aprendiz ao cargo administrativo num banco da cidade.


clique na foto para ampliá-la


segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

AÇÃO CULTURAL 2019 - RASC POLO SÃO CARLOS

A Ação Cultural no Polo São Carlos foi dividida em dois momentos:

No primeiro momento, a visita ao Museu Mário Tolentino em São Carlos, fora o ápice em que os jovens puderam experienciar os equipamentos e suas manifestações físicas.


No segundo momento trabalhamos a criatividade de cada um. 
Os jovens se dividiram em grupo e cada grupo optou uma forma de atividade cultura, donde o poema e a pesquisa foram os veículos trabalhados.

__________________________

1º) MUSEU MÁRIO TOLENTINO SÃO CARLOS


Na foto, os jovens mantém contato com os experimentos da física, equipamentos experienciados pelo grupo de 23 jovens do Polo São Carlos na tarde de 21/02/2019 - como tarde de envolvimento na Ação Cultural promovido pela RASC.
___________________________

2º) AÇÃO CRIATIVA


O DESASTRE DOS QUATRO ELEMENTOS

ÁGUA
Desastres ocorreram e não pudemos impedir
O clima não colaborou e fez o efeito estufa se explodir
Casas foram levadas, famílias separadas
E no final da enchente, 31 vidas acabadas.



FOGO
E infelizmente não acaba por aí
No CT do Flamengo, 10 promessas estavam por vir
Não dando tempo de realizá-los, sonhos foram acabados
Perdendo tudo em chamas, nossos jovens foram levados.




AR
Por problemas técnicos, mas 3 vidas retiradas
Cada qual com sua importância, deixando pessoas abaladas
Sorrisos foram retirados, planos familiares inacabados
E num sopro sempre serão lembrados.

TERRA
E por causa da ganância, a tragédia em Brumadinho
Uma barragem mal feita, deixando 320 pessoas sem caminho
Pessoas morreram soterradas e algumas encontradas
Começando 2019, com muitas vidas acabadas.

Débora Amanda Santos; Maria  Elieuza da Silva Santosa; Pedro Henrique da Costa;

João Pedro Alves; Gabriel Ribeiro; Dwonathan Almeida

_________________________________

NAÇÃO

Viva a cultura brasileira
Que reina como herdeira
De tantos costumes em uma só nação
Que vive em vibração
A tantos esportes, comidas,
Sotaques e emoção
Família e brincadeiras
Que se divertem a tarde inteira
Pique-esconde, amarelinha e peão
Brincadeiras de montão
Simplicidade em 26 es ta dos
Vivendo em um só coração.

Luciele; Alanis, Giovana, Davi




__________________

CAPOEIRA NO BRASIL  e COSTUMES EM ALGUNS PAÍSES


Outra forma encontrada pelos grupos fora o da pesquisa on line através da internet

Expressões Culturais 

Capoeira no Brasil

Costumes em alguns países


Rafael de Campos Rodrigues; Vitor Hugo de Souza Bonfim; Pedro Yago; Camila Aguiar; Maria Eduarda Provinciato 


________________________


A VISÃO DE CADA CULTURA

A cultura é diferente
Cultura é da gente
Cada um tem seu jeito
O que conta é o respeito.

No Brasil tem o carnaval
Que demonstra o novo astral
Na Índia as v aças são sagradas
Em outros países assassinadas.

Cada cultura é diferenciada
E merece ser respeitada.

Luana, Eliani, Mariana, Tayline e Maisa

_________________





Os jovens trabalhando o tema com toda concentração.



domingo, 16 de setembro de 2018

2018 ANO MARCADO


Nossas conversas sempre nos renderam frutos - livros, livros e mais livros. Autores que nos encontravam e nos tornavam partícipes de suas obras. Nossa biblioteca, acrescida por títulos inúmeros, sempre mais e mais nos requeriam outros tantos títulos - e correspondíamos.

Agora, o céu, a si requereu um pensador. Era assim que gostava de ser chamado; era assim desta forma que pautou toda sua vida, entre frases e textos; é assim portanto, que darei continuidade ao seu gosto e prazer. As linhas por ti escritas, continuarão através de mim, claro que em proporções que denotem as duas partes que se fundiram numa só - agora somos um só corpo.


__________________________________
__________________



"Ficam as lembranças para contar como foi sua vida e restam as saudades para lembrar a falta que você fará." 😓



Impossível encontrar palavras que representem o dia de hoje, encontrar palavras de conforto aos que aqui ficaram. Estamos ainda sem acreditar. 

O que nos resta são as ótimas lembranças, muitas risadas e inúmeros ensinamentos que nos transmitiu.

Obrigada por tudo o que nos ensinou, Élvio. Será sempre lembrado com muito carinho por todos nós, aprendizes e ex aprendizes da Rasc. Sem dúvidas fará muita falta para todos nós!!!

Inajá, mesmo em meio a tantos problemas não desistiu, você é um exemplo de perseverança! Saiba que nunca estará sozinha... Estaremos sempre com você! 



________________________
_________________

Hoje a manifestação que recebemos foi a expressão do tempo investido - oito anos - em muitos jovens que por nós passaram. Recolhemos os frutos de uma semeadura profícua e frutífera. Jovens valorosos não se declinaram à despedida.   

Hoje o mundo fica mais pobre, mas o céu se enriquece com a presença de um pensador.

Quando olharmos para o firmamento, com certeza uma luz estará brilhando com mais intensidade - poderemos perceber que lá essa luz já esteve em nosso meio.

Élvio sempre foi um pensador. Sempre me dizia que 2018 era um ano marcado - biblicamente se referenciava, pelas contas que fazia. Brincávamos até com esse pensar. Até falávamos em partidas. Mas... Quem supor pudera que aos poucos preparava aqueles que aqui poderiam ficar. 

Será difícil caminhar sem umas mãos que me foram tão quentes, quando as percebi tão frias, geladas numa urna marrom com frisos dourados, adornadas por flores e tule brancos. 

Caminhantes somos. Caminhar. Preciso seguir caminhando e dar testemunho que não desisto jamais. Assim, compartilho o seu poema 


CAMINHANTE

Pelo caminho andei
desponteirando estradas,
atravancando desvios.
Sobre tropeços saltei,
buscando um certo.
Olhando aos avessos,
desnudar a vida,
enfronhar-me no existir.

Pelo caminho segui.
Dos sonhos,
muitos desencontrei.
Ingrimes veredas,
margens escalpadas
se exibiram.
Nelas enfileirei.

Pelo caminho eu vi
almas caídas como se felizes;
Desiludidas, como se cheias de luz.
Falsas certezas.
Caminhos transversais.

Pelo caminho vi,
pelo destom da vida,
belas coisas jogadas, e,
horríveis que seduzem.

Pelo caminho vislumbrei
túneis onde todos entram.
Se tinha não sei
trevas ou luz;
apenas réstias encontrei.

Seguindo o desvelado destino,
por todos, muitos desfilantes.
Cheguei ao não sei,
sem desandar.

Vi um cortejo.
A vida saudei!

Élvio Antunes de Arruda - Elanklever - 2015

____________

Agora Élvio

Montou um querubim e voou, deslizando sobre as asas do vento..." (Sl 18:10)

sábado, 13 de maio de 2017

FÓRUM MUNICIPAL DE APRENDIZAGEM EM SÃO CARLOS

No dia 12 de maio de 2017, nas dependência do SENAC - São Carlos, realizou-se o encontro cuja pauta fora a criação de um Fórum Municipal de Aprendizagem na cidade.

Na oportunidade o debate contou com a participação dos representantes das entidades: CIEE, SENAC, SESC, CEFA, RASC, SENAI e o Centro Paulo Souza.

O objetivo fora retomar as discussões para criação de um fórum municipal, sendo encabeçado pelo sr. Antonio Ribeiro, coordenador do Fórum Estadual de Aprendizagem.

Relevantes situações foram abordadas, experiências declinadas e, em tom de compromisso, acordou-se que as reuniões serão bimestrais, tanto entre os representantes, quanto envolvendo professores, gestores e apoiadores.

Na ocasião Antonio Ribeiro manifesta em palavras: 

" Esse projeto é muito importante, pois temos que dar uma atenção especial aos jovens aprendizes de hoje, já que as contratações são muito pequenas..."

Inajá Martins de Almeida, da RASC, convidada a se manifestar em relação a reunião, enfatizou que essa retomada é muito importante para os jovens, empresas, entidades, sociedade e para as famílias. 

Enfatizou:

"Existe uma carência para levar o jovem a um aprendizado técnico. Temos que tirar os jovens das ruas. O momento é complicado, mas a esperança é grande. O que precisamos é de muita união das entidades e também, claro, o mais importante, que o jovem queira crescer profissionalmente".

A reunião foi muito positiva, as entidades presentes saíram muito satisfeitas. Para que seja formalizada a criação do Fórum Municipal de Aprendizagem, será necessário o apoio do poder público e a superintendência do trabalho, com a efetivação de um projeto de lei ou decreto.



_____________


Foto e Material crédito site: 

acesso em 13/05/2017

sábado, 29 de abril de 2017

DIA DO APRENDIZ - PARABÉNS

VALE A PENA! ESSA OPORTUNIDADE NÃO NOS FOI DADO ATOA



Palavras das aprendizes Josiane e Bianca


Temos 2 anos, de aprendizado e novas amizades, e quantas amizades não é mesmo?! 

Tanto no curso quanto no Banco são laços sendo criados a todo momento, seja com os professores e alunos ou com os gerentes, escriturários, recepcionista, a moça da limpeza, os guardas, ou até com clientes, ahhh esses laços que nos fazem tão bem!




Josiane (in self) com Bianca, Luana Kelly, Heloisa, Thiago, Eduardo, Henrik, Mirella, Emanuelly, Ana Carolina, Fernanda, José Carlos, David e os professores Inajá e Elvio.

____________________________

Sabemos o quanto nossa vida se tornou corrida desde que começamos:


- "Mas trabalha só 4 horas?";

-  "Ainda bem que quem trabalha em banco não faz nada";  

- "Mas trabalha tão pouco e recebe tudo isso?"... 

São apenas alguns dos inúmeros comentários que temos que ouvir desde então.

Vamos começar falando do curso onde comentamos sobre diversos assuntos, informações que sabemos que serão sempre úteis, mas de todas as coisas aqui passadas a mais importante é a troca de experiências onde discutimos sobre fatos do nosso cotidiano, não necessariamente só sobre o banco, é muito importante essa interatividade pois com isso aprendemos além da teoria.


No Banco são momentos únicos que devemos aproveitar ao máximo.





Quem no começo não ficou super tenso com as atividades que deveríamos realizar? Mas com o passar do tempo percebemos que não era aquele bicho de sete cabeças que imaginávamos, e tudo foi se acalmando e hoje sabemos de cor o que devemos fazer na maioria das situações.

No geral já percebemos que o tempo passa rápido demais. Parece que entramos ontem, porém daqui a pouco a maioria fará um ano de RASC e logo depois cumpriremos os dois e então? Vai acabar essa rotina (dá uma tristeza só de pensar nisso né), será que os vínculos criados irão continuar ou se expandir? Será que levaremos os conhecimentos adiante? Isso só o próprio tempo irá nos mostrar, mas de uma coisa temos a certeza, essa oportunidade não nos foi dada atoa, isso é algo que mostra que somos sim capazes mesmo com as dificuldades diárias, então vamos aproveitar, cada momento, afinal não há um dia que passamos sem aprender algo isso nos é provado todos os dias.


Sabemos dos desafios que começaram desde o momento da entrevista, onde começou também a ansiedade, o nervosismo, até ao momento em que finalmente entramos no banco. 





Sair da zona de conforto, ter que se acostumar com rotinas, horários diferentes, pessoas novas, ter que aprender tudo lá dentro muitas vezes sozinho (a), ter que aprender a lidar com tudo isso ao mesmo tempo, aprender a administrar seu próprio dinheiro... Sem contar a família e os amigos, que muitas vezes, infelizmente, acabam sendo deixados de lado, porque nossa prioridade passa a ser outra agora.

Quando uma porta se abre, uma oportunidade dessas vem e nós decidimos querer encarar, muita coisa é deixada de lado e para trás. 


É preciso abrir mão de certas coisas para que outras possam vir. 

Afinal, só temos 2 anos... Que passam num piscar de olhos, e aproveitar cada segundo é essencial. 

E vale a pena

Como vale a pena cada segundo dedicado a isso, todas as vezes em que deixamos de fazer algo por estarmos trabalhando ou por estarmos cansados e só querer a nossa casa, isso tudo com tão pouca idade. 

Vale a pena sim, porque a experiência é única e incrível. Tanto pessoal quanto profissionalmente. Adquirimos novos conhecimentos e novas amizades. E isso tudo é tão gratificante!

Sim, gratificante. Gratidão pela oportunidade, por conhecer pessoas e adquirir experiências tão incríveis. Gratidão, RASC!




Texto escrito por: Josiane Cristina e Heloísa Grabrieli


____________

As aprendizes veteranas, que por dois anos estiveram conosco, retornam e trazem linda mensagem de carinho e expectativa por um futuro em aberto às suas vidas. 


A jovem Lauanda, da cidade de Ribeirão Bonito, fala do seu carinho pelos colegas de trabalho, colegas de sala RASC e pelos professores, além do desenvolvimento pessoal e profissional que marcará sua vida. 



Thaiza, da cidade de Ibaté, com a voz embargada pela emoção do momento, entoa linda canção que a todos enternece.

Momento significativo para todos, principalmente para os professores, que podem experienciar testemunhos de vida tão magníficos, através de jovens que se iniciam no campo profissional.


Fernanda, Ana Carolina, Luana Kelly e Bianca, falam de suas experiências nas agências, em sala de aula RASC, nos encontros semanais. As dificuldades encontradas quando da chegada. A timidez natural. A desenvoltura que aos poucos foi sendo trabalhada. 

Momento de descontração. Aprendizado em que todos saíram com a sensação de terem desempenhado realmente papel de profissionais, numa tarde em que poderia ser apenas de lazer, dado o Dia do Aprendiz e sua comemoração.

   
Mirella, jovem da cidade de Descalvado, trouxera à tarde sua experiência, a nós todos gratificante. 

Com o contrato a se findar no final de maio de 2017, pudera compartilhar com todos nós, suas experiências como universitária - a primeira a conquistar este feito no Polo São Carlos.

Relembrou com muita emoção, seus primeiros passos, desde a entrevista em sua cidade, a contratação, a chegada no banco e na sala RASC. O envolvimento com os colegas. Os amigos que plantou, os amigos que levará para sempre.

Quantos foram levados às lágrimas, inclusive Inajá - que escreve. 

Gratificante demais ver as sementes germinarem, crescerem e darem frutos. Estamos tendo essa oportunidade que é dada a poucos. 

Mirela em seus 17 anos, comporta-se como adulta, cônscia do seu papel como jovem, mulher, estudante, profissional que, com toda certeza colherá muitos louros em sua jornada.  


______________

Espaço : Museu Mário Tolentino São Carlos

Texto : "Vale a Pena"  - Josiane e Heloisa

Textos complementares e postagem : Inajá Martins de Almeida 

Fotos: Elvio A.Arruda

Data : 27/04/2017

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...